No mundo da blogosfera, todos nós, unidos num só mundo .Seja bem vindos e volte sempre! Rejane

domingo, 12 de setembro de 2010

Espelho...decifra-me se for capaz!








































Por : Jackie Freitas

Do Blog : http://fenix-mulheres.blogspot.com/


Olhar-se no espelho pode representar muito mais do que a certificação da aparência. Nossos olhos conseguem ir além da imagem refletida. O espelho só ganha “vida” quando passamos a nos enxergar através dele. O que você busca no espelho e ao olhar-se o que encontra

Narciso encontrou nas águas límpidas e cristalinas a sua perdição. Apaixonou-se pela própria imagem refletida e perdeu-se nela para sempre. Porém, o que antecede esse episódio é o que muitas pessoas passam. Amar a imagem refletida e não conseguir perceber o que está oculto. Somos muito mais do que simples aparência, pois nem sempre aparentamos quem de fato somos.

O espelho pode conter pequenas fissuras e nelas a desfiguração da imagem é tão real quanto enxergamos. Muitas vezes me vi bela e não seria difícil me apaixonar pelo reflexo, mas ao olhar-me profundamente nos olhos, conseguia enxergar que por detrás deles escondia uma pessoa frágil, triste e cansada. Alguém que questionava se o que via era realmente a sua representação fiel ou apenas uma figura qualquer, tentando convencer aos outros e a si mesma de que tudo estava bem e sob controle. E quase sempre fazemos isso! Buscamos no espelho uma forma de atenuar a amargura e tristeza. Passamos um batom ou penteamos os cabelos, exibimos as faces ruborizadas e coloridas, ensaiamos um sorriso e nos prometemos que tudo ficará bem. O espelho passa a ser um amigo. Ele nos engana na medida em que queremos ser enganados. Outras vezes, ao contrário, ele pode nos persuadir e nos convencer que não há beleza alguma e sim tristeza e desgaste do tempo. É mais fácil, naturalmente, crermos nessa informação, pois as pessoas são tão carentes de si que mergulham nessa certeza e afogam-se nas contradições da vida.

Estar ou ser belo nasce de dentro, das profundezas do oceano de emoções. Na superfície as águas podem estar turvas e revoltas, mas há limpidez e calmaria nas profundezas. Quando pensamos no reflexo do espelho, muitas vezes enxergamos apenas a superfície e, desse modo, nos vemos superficialmente, deixando de analisar o que há escondido nas profundezas. O espelho engana, mas quem reflete a imagem é você e não ele. Não importa se você se mostra incrivelmente belo ou terrivelmente feio. Importa é o que está além do que os olhos enxergam. Se o espelho fosse capaz de traduzir com fidelidade o espírito de quem está diante dele, com certeza seria um amigo sincero. Mas culpá-lo não resolve. Você deve primeiramente enxergar-se e perceber-se. “Espelho, espelho meu!” A história, mesmo infantil, nos revela que ele pode enganar e nos responder apenas o que gostaríamos superficialmente de acreditar. O mundo pode não nos enxergar com tanta beleza e nem com tamanha feiúra. De nada adianta ser incrivelmente belo, mas por dentro conter o amargor e desrespeito pela própria espécie. O feio é relativo e apenas responde a um padrão inventado para tornar o convívio das aparências mais suportável. Beleza está em atitudes e conduta de vida. O belo irradia sentimentos.

O espelho reflete máscaras e para algumas pessoas, quando elas caem, fica difícil confrontar-se com a realidade, então, no lugar das máscaras, passam maquiagens que deturpam o que está oculto.

Cuidado com o que você reflete e com aquilo que se preocupa em refletir ao próximo. As águas serenas, límpidas e cristalinas que “abraçaram” Narciso, levando-o ao seu fim, podem ser pra você apenas o seu imenso ego... devorando-te um pouco a cada dia.


Jackie Freitas


4 comentários:

Jackie Freitas disse...

Olá Rejane querida!
Poxa, fico muito honrada por ter o meu texto publicado em seu blog! Agradeço de todo o meu coração, pois esse post tem um grande significado para mim. O bacana desse nosso mundo da web é poder compartilhar mensagens que apreciamos e fazer com que a boa leitura seja propagada. Se estou aqui, neste seu rico blog, é porque de alguma forma, consegui passar a minha mensagem!
Muito me honra mesmo, minha querida!
Obrigada e um grande beijo!
Jackie

Maria José disse...

Rejane. Que texto, heim!!! Para mim, o que marcou foi o seguinte: "O espelho engana, mas quem reflete a imagem é você e não ele." Que possamo ser sempre felizes de fato, e nos veremos sempre belos. Grande beijo, amiga.

Marion Lemos disse...

Lindo texto!!!
A beleza externa passa, mas a que vem do coração, essa pode aumentar com o tempo.
Parabéns, adorei a postagem!

Um grande abraço.

Marion

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Rejane
Tenha uma SURPREENDENTE E MARAVILHOSA primavera!!!
Excelente fim de semana!!!
Hoje ofereci a VOCÊ uma música especial...
Abraços fraternais